Garota de 17 anos abusa de homem por achá-lo muito bonito!


Garota de 17 anos abusa de homem por achá-lo muito bonito!


Jovem pode pegar até prisão perpétua, caso seja condenada pelo crime, nos EUA.

Uma menina de apenas dezassete anos de idade, da cidade de Michigan, nos Estados Unidos, foi acusada de estuprar um jovem utilizando uma faca.

A moça americana, que adora publicar fotos sensuais na internet, foi identificada como Lestina Marie Smith.

Ela mora no Município de Saginaw e foi acusada na terça-feira, 17, de ter cometido dois crimes graves envolvendo conduta sexual criminosa de primeiro grau.

As acusações decorrem de um incidente que ocorreu no dia onze de Janeiro na própria cidade em que mora, envolvendo Smith e um jovem de dezanove anos de idade.

Apesar de ser de maior, o rapaz alega que foi estuprado. De acordo com as autoridades locais, Smith puxou uma faca sobre a vítima e forçou-a a fazer sex0 oral e v#ginal com ela.

O site #Crime diz que ela teria cometido pois achava o rapaz muito bonito e era apaixonada por ele, mas o jovem não queria nada com ela.

A alegada vítima não foi nomeada devido à natureza sexual do crime.

Ela pede que não seja exposta nesse momento tão difícil. Até o momento, nenhum detalhe adicional sobre a suspeita de assalto foi liberado pela polícia dos Estados Unidos.

Smith, enquanto isso, não pode ficar em liberdade. A jovem, mesmo sendo menor, terá que pagar pelo crime, já que, nos Estados Unidos, esse tipo de ato é punido para americanos de todas as idades.

A sentença é aplicada como se o criminoso fosse um adulto de 18 anos ou mais.A americana está sendo mantida na prisão do condado de Saginaw.

Ela está agendada para comparecer no tribunal em 3 de fevereiro. No local, ela está em uma audiência, que já começará a traçar sua condenação.

Se condenada pelos crimes, a mulher de 17 anos poderia ser condenada até à prisão perpétua. Nas mídias sociais, amigos e familiares, incluindo o irmão de Lestina Smith, se reuniram em torno da suspeita de estupro.

Eles estão postando mensagens de apoio em sua conta no Facebook e em outras redes sociais. Muitos negam que a jovem seja culpada dos crimes a que é acusada.

 




log in

reset password

Back to
log in
error: Content is protected !!